fbpx

A redução de gastos e custos nesses momentos é muito positiva e deve estar alinhada com um gerenciamento dinâmico da empresa. Uma gestão consciente é fundamental para a saúde financeira dos negócios. Se você quer saber como cortar gastos para garantir a manutenção dos lucros e não prejudicar o sucesso do empreendimento, veja as nossas dicas neste post!

Em épocas de crise e instabilidade econômica, as empresas podem sofrer consequências negativas se não tiverem um bom planejamento financeiro que leve em conta esse contexto. Para não correr o risco de ver a lucratividade do negócio diminuir, uma das medidas de gestão financeira mais indicadas é cortar custos para economizar.

A redução de gastos e custos nesses momentos é muito positiva e deve estar alinhada com um gerenciamento dinâmico da empresa. Uma gestão consciente é fundamental para a saúde financeira dos negócios. Se você quer saber como cortar gastos para garantir a manutenção dos lucros e não prejudicar o sucesso do empreendimento, veja as nossas dicas neste post!

Como cortar custos: veja 6 modos de reduzir os gastos da sua empresa

Antes de mais nada, para cortar custos é preciso identificar as possibilidades de redução de despesas. Para isso, é fundamental que a gestão financeira conte com um controle rigoroso das contas a pagar e a receber e com um registro de custos fixos e variáveis da empresa. Através da análise dessas informações, é possível descobrir em quais áreas existem problemas e a partir disso estabelecer metas para resolvê-los.

Evidentemente existem diferentes modos de cortar custos de forma mais ou menos incisiva, de acordo com a situação e os objetivos da empresa. Reunimos algumas dicas que podem ajudar você a definir os setores de atuação e a planejar as ações necessárias.

1. Otimize a jornada dos funcionários e os processos de trabalho

Investigue se o horário de trabalho dos seus funcionários está sendo bem aproveitado. Oriente os colaboradores a utilizarem os períodos de intervalo para acessarem as redes sociais e o celular, por exemplo. As horas extras, além de serem desgastantes para os funcionários, muitas vezes representam gastos desnecessários para a empresa. Estes muitas vezes não são calculados, como o adicional na conta de energia elétrica decorrente do uso da infraestrutura por mais tempo.

Nesse sentido, também é importante conferir como é o andamento do fluxo de trabalho do seu negócio. O processo está travando em algum momento? Isso pode estar demandando tempo e empenho que poderiam ser investidos em outro setor. A otimização dos processos deve ser um objetivo básico do gestor, pois ela contribui diretamente para a redução dos custos de operação.

2. Reduza os gastos com energia elétrica

Existem várias formas de diminuir os valores da conta de energia elétrica através de mudanças de hábitos, de equipamentos ou da estrutura da empresa. Em primeiro lugar, invista na troca das lâmpadas por modelos mais eficientes e por luminárias espelhadas que refletem a luz. Desse modo, será possível manter menos lâmpadas acesas sem ter perda de luminosidade.

Além disso, oriente os trabalhadores a desligarem as luzes dos ambientes vazios e dos corredores e aproveitarem mais a luz natural. Outra dica é que os computadores e equipamentos sejam desligados (e não deixados em stand by) durante a noite. Estimule também o uso do ar condicionado apenas nos horários mais quentes, mantendo as janelas abertas no início da manhã.

3. Reveja os planos de telefone e internet

As operadoras de telefonia e de internet costumam vender planos personalizados de acordo com o porte e as necessidades da empresa. Se faz tempo que você assinou esse contrato, é provável que esteja pagando caro por um serviço que talvez nem utilize na sua integridade.

Procure fazer, primeiramente, um levantamento da real necessidade da empresa em relação a esses serviços. Depois, vale a pena fazer uma pesquisa de mercado para encontrar o plano ideal e mais em conta para o seu caso. Reúna os valores oferecidos por todas e tente negociar, propondo ficar com a sua atual companhia se ela cobrir a oferta da outra.

4. Utilize arquivos digitais e facilite os procedimentos

Talvez você não se dê conta, mas se a sua empresa ainda não aderiu à digitalização e ao uso consciente do papel, é possível que ela tenha um alto custo com fotocópias e impressões. No entanto, mesmo ações pequenas nesse âmbito podem gerar bons resultados em termos de economia.

Reduzir os gastos com papel, digitalizando os documentos e os procedimentos administrativos é um grande passo para cortar custos. Além disso, essa atitude representa também uma economia de espaço e uma maior segurança – já que documentos físicos precisam ser guardados e podem ser danificados. Para mudar de posicionamento também em prol do meio ambiente, oriente os seus funcionários a imprimirem apenas o que for realmente necessário e crie sistemas de reaproveitamento de papel.

5. Verifique o regime tributário da empresa

A alta carga tributária do país representa uma despesa alta para o empreendedor, que deve arcar com impostos, taxas, tarifas e outras contribuições. Você pode economizar em impostos e cortar custos verificando a possibilidade de enquadramento da sua empresa em outro regime tributário. Um escritório de contabilidade pode ajudar a simular esses cenários e apontar a situação ideal na qual a empresa gastaria menos com a tributação.

6. Escolha a contabilidade online

Além de auxiliar na verificação do enquadramento tributário, um bom serviço contábil contribui para o controle das finanças que ajuda no planejamento financeiro e na redução de gastos da empresa. Indo de encontro às dicas do item 4, hoje em dia a contabilidade online oferece plataformas digitais nas quais o cliente possui todas as informações financeiras e contábeis do seu negócio.

Além do acesso a um sistema prático e completamente digitalizado, a contabilidade online traz outros benefícios para os empresários. Os preços acessíveis podem representar outro passo importante na hora de cortar custos sem perder na qualidade dos serviços contratados. Para entender melhor como funciona um escritório de contabilidade online, neste post explicamos tudo o que você precisa saber!

Comentários

Leia mais:
DRE e inscrição municipal
Inscrição Municipal: o que é e para que serve

Um dos cadastros mais importantes à nível municipal é a Inscrição Municipal, cujas regras variam de acordo com cada cidade....

Fechar