fbpx

Já tratamos aqui sobre os tipos de empresa e quais os passos iniciais para abrir seu negócio. Porém no post de hoje, vamos tratar especificamente sobre as agências de design. Se você é designer e quer ter seu próprio negócio, não deixe de conferir o post que separamos para você!Quem é designer pode oferecer diversos serviços que vão desde o desenvolvimento de embalagens, material para divulgação, websites, projetos gráficos para livros, entre outros. Além disso, o profissional da área pode atuar de forma autônoma, como freelancer ou dar passos maiores, abrindo a própria agência de design.

Muitos designers, no entanto, têm dúvidas sobre como fazer para um profissional de design abrir agência. Como a atividade de “designer gráfico” não faz parte daquelas que autorizam a abertura do MEI, esse profissional obrigatoriamente precisa optar por outro modelo de empresa para formalizar seu negócio.

Já tratamos aqui sobre os tipos de empresa e quais os passos iniciais para abrir seu negócio. Porém no post de hoje, vamos tratar especificamente sobre as agências de design. Se você é designer e quer ter seu próprio negócio, não deixe de conferir o post que separamos para você!

Planejamento da sua agência de design

O designer é um profissional capacitado para oferecer diferentes tipos de serviços. Porém, será que é uma boa estratégia começar com uma agência que vai desde a elaboração de projetos gráficos até webdesign propriamente? Que tal começar pequeno e investir em um nicho específico, montando um plano de ação para a prospecção dos seus futuros clientes? Na fase inicial é fundamental se planejar e a melhor ferramenta para fazer isso é o Plano de Negócios. Através desse documento o empreendedor tem a oportunidade de colocar sua ideia no papel e avaliar a viabilidade do seu negócio. Em um Plano de Negócios, o empreendedor avalia quem são seus concorrentes, quais os preços que poderá oferecer no mercado, quanto de capital será necessário para começar, entre outros.

O índice de mortalidade das empresas brasileiras é um dos mais altos do mundo e isso se deve principalmente em razão da falta de planejamento de muitos empreendedores. Se você nunca fez um planejamento do negócio e tem dúvidas por onde começar, não deixe de conferir esse post aqui.

A escolha da empresa ideal

A escolha do tipo certo de empresa pode fazer toda a diferença para o futuro do seu negócio. Como o tipo de empresa influencia diretamente na forma de tributação, antes mesmo de buscar um local físico para instalar sua agência de design, é  preciso uma orientação sobre os tipos de empresa e como escolher. Se você tem dúvidas sobre isso, pode começar por aqui, porém, não deixe de contar com o auxílio de um especialista para escolher o melhor formato.

Boa parte das agências de design optam pelo modelo da Microempresa (ME) em razão do regime de tributação simplificado. No entanto, é sempre válido avaliar o porte, os serviços e a forma como serão realizados para determinar a sua escolha.

Local

Antes de partir para a formalização da sua empresa, o ideal é pesquisar o local onde a sua futura agência de design será instalada. É preciso checar junto á Prefeitura ou Secretaria de Urbanismo, se é permitido instalar a sua empresa no lugar pretendido. Outra questão que deve ser checada é o endereço, já que em alguns locais o nome oficial do endereço é diferente do nome popular. Uma opção para agências iniciantes também é se instalar num espaço compartilhado ou Coworking, ou trabalhar em home office e optar por um modelo de escritório virtual. Há vários locais no mercado que oferecem planos de mensalidade para contratar um endereço fiscal e comercial para empresas que funcionam nesta modalidade.

Crie o nome e a marca

A criação do nome e da marca é outra questão importante para a sua agência de design. Cheque junto ao Instituto da Propriedade Industrial (INPI) se o nome escolhido para a sua marca está disponível para registro e não deixe de dar entrada no pedido o quanto antes a fim de proteger a ideia conceitual do seu negócio.

Formalização da empresa

Feitos todos esses passos é preciso dar início a parte mais burocrática, que envolve a formalização da empresa.

Contrato Social

Primeiramente é necessário a elaboração de um contrato social. Esse documento constitutivo da pessoa jurídica deve ser elaborado por um advogado e registrado em Cartório. O objetivo principal do contrato social é determinar as atividades da empresa, seu regime tributário e quem serão os sócios. Isso determinará não apenas a estrutura da empresa, mas também como será a responsabilidade de cada um dos sócios.

CNAE

A Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE) é uma espécie de categorização que serve para padronizar as atividades econômicas e comerciais, facilitando assim o controle tributário das empresas. Toda empresa precisa ter um CNAE e com as atividades de uma agência de design isso não é diferente. Para descobrir o CNAE do seu negócio basta consultar no site do IBGE, porém sempre valide a informação com um profissional experiente ou mesmo com o seu contador, pois a determinação errada do CNAE pode gerar diversos transtornos à sua empresa.

Registro na Junta Comercial

Após a elaboração do contrato social, esse documento deve ser levado à Junta Comercial para o registro. A partir desse ato, sua agência de design passa a existir formalmente e você já poderá contar com um CNPJ.

Alvará de localização e funcionamento

Após a pesquisa feita junto à Prefeitura ou à Secretaria de Urbanismo, o empreendedor deve solicitar o alvará de localização e funcionamento. Esse documento atesta que a empresa esta de acordo com o zoneamento e possui condições legais para realizar suas atividades.

Inscrição Estadual e Municipal

Por fim, para regularizar a sua agência de design, é preciso realizar a inscrição estadual e municipal, para que haja o devido recolhimento do ICMS e ISS. Mesmo as empresas que optam pelo Simples precisam estar inscritas nos cadastros nas Secretarias da Fazenda estadual e municipal.

Com essas dicas iniciais você já pode começar a planejar a sua agência de design e tirar o seu projeto do papel. Não deixe de contar com o auxílio de um contador da sua confiança, caso tenha dúvidas durante o processo.

Você é um profissional de design e pretende abrir agência? Procura serviços de contabilidade que atendam as necessidades do seu pequeno negócio? Deixe seus comentários abaixo e conheça nossos serviços que podem facilitar a abertura do seu negócio.

Comentários

Leia mais:
livros livro contábeis razão e diário
O que é DASN ?

O microempreendedor individual deve entregar todos os anos em maio a chamada "DASN-Simei". Para saber como funcionam as declarações obrigatórias...

Fechar