Blog

Como abrir uma startup: passo a passo com 10 dicas

As startups são empreendimentos inovadores com gestão focada em crescimento rápido. Hoje em dia, estão surgindo muitas empresas desse tipo no mundo dos negócios.

No entanto, nem todas conseguem sobreviver no mercado.

Isso acontece porque abrir uma startup não é tão simples como parece. Muitos empreendedores descobrem os seus equívocos apenas depois de ter tirado a ideia do papel.

Antes da constituição formal da empresa, há um longo processo. O empreendedor deve saber que, desde a ideia até a formalização, há muitas decisões a serem tomadas e procedimentos importantes a serem feitos.

Para abrir uma startup, é preciso organização, foco e planejamento. Também é essencial contar com a ajuda dos profissionais adequados para realizar os trâmites necessários e evitar erros que podem colocar em risco os negócios.

Elaboramos um passo a passo com 10 dicas para esclarecer todos os detalhes sobre a abertura de uma startup de sucesso. Confira!

 

  1. Desenvolva a sua ideia e elabore um modelo de negócios

Antes de abrir uma startup, é preciso ter uma ideia inovadora para tirar do papel. A inovação faz parte da definição básica de uma empresa desse tipo.

Porém, essa ideia também precisa ser escalável, ou seja, ter grande potencial de crescimento.

Vale também, antes de efetivamente começar a executar sua ideia, descobrir quais são seus possíveis concorrentes, se já existe solução semelhante no mercado, entre outros pontos.

Há muitas ideias que parecem geniais e inovadoras do ponto de vista de seus criadores, mas que na verdade já existem no mercado há anos.

A partir de uma ideia inicial, é possível lapidar um “conceito” e determinar com clareza qual é a solução que o seu negócio irá oferecer e quem será beneficiado por ela.

Com essa definição clara, é hora de elaborar um modelo de negócios. Um modelo de negócio é uma versão simplificada do plano de negócios.

Recomendamos que você utilize o Business Model Canvas. O Canvas é uma ferramenta que permite a você desenhar seu negócio e avaliar se ele é interessante e factível.

Essa ferramenta de gestão ajuda a estruturar o empreendimento de forma segura. Ela descreve o modelo de negócio, o funcionamento das operações, a organização financeira e outros aspectos cruciais.

Conheça o Business Model Canvas e coloque sua ideia de negócio no papel

 

  1. Busque informações e troque ideias

Se tem algo que o futuro empreendedor precisa fazer para ter sucesso no empreendimento é estudar. E não estamos falando apenas do estudo formal, de uma faculdade, por exemplo.

É claro que isso é importante, mas também é preciso saber tudo sobre o seu produto ou serviço e conhecer o mercado e as oportunidades.

Além da Internet, empresários e especialistas podem ser “fontes” valiosas de informação. Por isso, a dica aqui é: converse com o máximo de pessoas possível, marque cafés para trocar impressões, participe de eventos.

Além de ser uma ótima forma de se munir do conhecimento necessário, você também pode descobrir se há possibilidade de receber incentivo ou financiamento para a sua ideia.

 

  1. Qualifique-se

Além de estudar e se relacionar, em alguns casos também pode ser interessante realizar cursos em uma ou outra área específica.

Certamente, você não é especialista em tudo, mas em startups às vezes é preciso entender pelo menos um pouco sobre vários assuntos.

Hoje em dia, existem muitas formas de se qualificar em temas específicos, inclusive de forma gratuita. Na web, você encontra cursos online e gratuitos em diversas áreas, desde empreendedorismo, até marketing e finanças.

Temos aqui no blog da Osayk dicas de livros, cursos e filmes para empreendedores. Confira:

 

  1. Valide a sua ideia

Depois de definir o conceito, montar um plano de negócios, estudar e se informar, ainda há um passo importante antes de realmente abrir uma startup.

A validação deve feita antes da implementação da ideia e irá dizer se ela é viável ou não.

Para isso, você pode apostar no MVP (produto viável mínimo). Trata-se de criar uma versão mais simples de um produto ou negócio que pode ser lançada com uma quantidade mínima de esforço.

Veja também: 6 coisas que você precisa saber antes de abrir uma startup

 

  1. Escolha os sócios e tenha tudo em contrato

Um dos principais motivos do insucesso de algumas startups é o desentendimento entre os sócios. O empreendedor deve saber que, além de fazer boas escolhas nesse sentido, essa relação precisa ser formalizada.

Entre os sócios pode até existir uma amizade, porém, quando no meio disso há a decisão de abrir uma startup, as coisas mudam.

Sócios: saiba quando ter e como escolher

Isso não quer dizer que a amizade deixa de existir, mas os parâmetros da relação entre sócios devem necessariamente estar em um contrato.

O contrato social é o documento que estabelece o que acontece em caso de desentendimentos ou de eventual saída de um dos sócios.

Contrato social: o que é e como fazer

 

  1. Formalize-se

Começar um negócio de modo informal, mesmo sendo uma startup, deve ser algo descartado pelo empreendedor. Se o processo de formalização da empresa não for feito de forma correta, há diversas consequências – não apenas no âmbito jurídico, mas também financeiro. Isso quer dizer que uma irresponsabilidade desse tipo pode colocar em risco todos os seus esforços.

O processo de abertura e formalização de uma startup segue o modelo normal de abertura de uma empresa. Ela precisa ter um CNPJ e estar registradas em diferentes órgãos oficiais (Receita Federal, Junta Comercial, Prefeitura e etc).

Você sabe quanto custa abrir uma empresa?

 

  1. Conte com a ajuda de especialistas

Ao abrir uma startup, o empreendedor precisa estar ciente da importância da orientação jurídica e contábil nesse processo. O advogado é uma figura essencial para elaboração e gestão dos contratos.

Já o contador realiza um estudo tributário prévio para a definição do regime que será mais vantajoso para a sua empresa.

Essa decisão precisa ser orientada por um especialista que conheça os diferentes enquadramentos tributários, pois ela depende de vários fatores, entre eles a atividade e o faturamento da empresa.

Você sabe se precisa de um escritório de contabilidade para abrir uma empresa?

 

  1. Escolha um bom endereço comercial

Se o seu tipo de negócio exigir um endereço comercial, é preciso realizar uma boa pesquisa antes de escolher um local.

Lembre-se que, além de uma boa localização, o ponto precisa contar com a infra-estrutura necessária e caber no seu bolso.

 

  1. Não erre na contratação da equipe

No início das atividades, é interessante para o empreendedor buscar um time com habilidades complementares e preferir pessoas confiáveis que ele já sabe que realizam um bom trabalho.

Além disso, não é aconselhável começar as operações com contratações “informais” – ou sem contrato.

Contratar de forma correta ajuda a evitar problemas futuros e aquele famoso “barato que pode sair caro”. Por mais que seja mais custoso e complicado ter funcionários “legais”, vale a pena não correr riscos desse tipo.

O que buscar em um funcionário ideal?

 

  1. Tenha um bom planejamento

Visto que, de acordo com uma pesquisa da Fundação Dom Cabral, uma em cada quatro empresas desse tipo fecham as portas logo depois de começar as atividades, ter um bom planejamento é requisito fundamental para abrir uma startup.

Esse plano deve incluir as diferentes possibilidades de busca de recursos e a definição das necessidades de capital e das metas do empreendimento.

Tudo isso levando em consideração o valor dos tributos, a folha de pagamento, os pró-labores e as despesas fixas e variáveis da empresa.

Planejamento estratégico: como fazer e começar

Por essa razão, é imprescindível contar com um profissional da contabilidade que ajude a manter as finanças em dia e auxilie na avaliação de possíveis investimentos que façam o negócio crescer.

Como empreendedor, mesmo no início desse desafio, você precisa ter como principal objetivo deixar de ser uma startup para virar uma grande empresa.

Para saber mais sobre o assunto, baixe o e-book gratuito “Como abrir sua empresa de serviços”. Ele é um guia completo para quem quer começar o seu próprio negócio. Clique aqui para fazer o download.

Receba um orçamento de abertura de empresa em instantes!


Comentários

Como abrir uma startup: passo a passo com 10 dicas