fbpx

Quem está à frente de uma micro ou pequena empresa, vive constantemente com uma pergunta na cabeça: “como gerar mais lucro?”. Se este é seu caso, saiba que ampliar a lucratividade de seu negócio deve realmente ser uma das questões principais às quais se dedica como empreendedor. Mais do que pensar, entretanto, é preciso colocar a mão na massa, implementando estratégias que tragam resultados reais para a empresa.

Para ajudá-lo, neste artigo separamos algumas dicas que têm ajudado pequenas e médias empresas a gerarem mais valor a partir de suas operações. Confira!

Quem está à frente de uma micro ou pequena empresa, vive constantemente com uma pergunta na cabeça: “como gerar mais lucro?”. Se este é seu caso, saiba que ampliar a lucratividade de seu negócio deve realmente ser uma das questões principais às quais se dedica como empreendedor. Mais do que pensar, entretanto, é preciso colocar a mão na massa, implementando estratégias que tragam resultados reais para a empresa.

Para ajudá-lo, neste artigo separamos algumas dicas que têm ajudado pequenas e médias empresas a gerarem mais valor a partir de suas operações. Confira!

10 dicas para ter mais lucro em sua empresa

Para aumentar a lucratividade de sua empresa, não é suficiente apenas investir em marketing ou focar totalmente no produto ou serviço oferecido. É preciso integrar ações de divulgação, atendimento, gestão e até recursos humanos, alinhando todo o negócio em torno do objetivo. Veja como fazer isso em uma empresa de pequeno porte:

  1. Esteja online

Qual é a primeira ação de uma pessoa hoje quando precisa de um produto ou serviço? Na maioria das vezes, é buscar por informações no Google ou pedir recomendações de amigos nas redes sociais. Se a sua empresa, portanto, não tem ainda um bom site e contas nas redes sociais mais importantes para seu público-alvo, está na hora de tomar uma iniciativa e fazer logo esse investimento. Ou vai continuar perdendo boas oportunidades por não estar online?

  1. Invista em estratégia de marketing de baixo custo

Falando em internet, as mídias digitais trouxeram um excelente benefício para os pequenos negócios na hora da divulgação: o baixo custo. Com verbas bastante limitadas, é possível anunciar em redes sociais, sites de busca ou blogs de nicho. E o mais importante, essa divulgação é totalmente direcionada, uma vez que consegue segmentar seu público por diversas características (como idade, renda, profissão, entre muitas outras).

A não ser que seu público-alvo tenha um perfil totalmente offline, não há mais porque gastar dinheiro anunciando em jornais, revistas, rádio e televisão. O mesmo vale para materiais impressos, como folders e flyers. Com o mesmo valor, você consegue ter um alcance bastante superior pela internet.

  1. Aumente a base de clientes

Mais clientes, obviamente, geram mais receita. Por isso, pense sempre em como ampliar sua base de clientes, entendendo quem são eles e porque compram de você. A partir de então, use suas estratégias de marketing para impactar pessoas com perfis semelhantes ao direcionar sua divulgação.

Outra estratégia que também traz um bom retorno é aumentar a oferta de produtos e serviços para este público que já compra de você, oferecendo a eles soluções completas dentro de sua área de atuação.

  1. Tenha tempo para pensar em estratégia

Sabemos que, para um pequeno empreendedor, muitas vezes é praticamente impossível conseguir se desligar da operação para pensar em estratégia no dia a dia do negócio. Mas você tem que se obrigar a isso, nem que precise sair do escritório duas vezes ao mês para rever números, ações e repensar próximos passos. Empreender sem fazer isso é como andar no escuro, são muitas as chances de cair em um tropeço.

  1. Esteja perto do cliente

Por mais que tenha feito uma grande pesquisa sobre público-alvo ao iniciar o negócio, não esqueça de seus clientes depois da primeira aquisição. E não é apenas pela importância em fidelização para manter o retorno financeiro, mas também como forma de identificar novos desejos, necessidades e até percepções sobre sua empresa.

Para isso, pense em eventos online ou presenciais, promoções, ações de fidelização: qualquer iniciativa que o mantenha em contato com o cliente e o permita ter feedbacks constantes.

  1. Escolha o regime tributário e o tipo de empresa adequados

Muitos empreendedores iniciam suas atividades sem pensar no regime tributário ou no tipo de empresa de forma estratégica. Para isso, é fundamental contar com o auxílio de um profissional contábil durante a abertura do negócio e também em seu acompanhamento, de forma a cumprir todas as obrigações em dia e, ainda, ter consultoria sobre como ter menores custos com contabilidade estando dentro da legislação.

  1. Tenha bons profissionais como apoio

Nenhuma empresa cresce e aumenta seus resultados de forma significativa somente com a energia do empreendedor. Por mais que atue como profissional autônomo, se preferir ter mais lucro, terá que contar com profissionais de apoio, que o ajudem com marketing, processos administrativos, entre outros.

Ao montar sua equipe, então, considere aquelas pessoas cujo perfil está de acordo com os valores e os objetivos de sua empresa. Lembre-se, também, que é muito mais importante selecionar alguém por suas competências do que por suas habilidades, já que as últimas podem ser treinadas e desenvolvidas.

Depois, com o time contratado, não se esqueça de que os colaboradores só irão gerar lucro para seu negócio se você os deixar trabalhar. Nada de ficar centralizando tudo em si!

  1. Corte custos

Cortar custos é também uma forma de aumentar a lucratividade, algo importante principalmente para empresas em crescimento, que passam a ter necessidade de otimizar processos e de rever a contratação de serviços. Seja você mesmo o responsável pelas finanças ou outra pessoa, como empreendedor é importante acompanhar a evolução dos custos em relação às receitas, reduzindo sempre que possível, sem impactar na qualidade.

  1. Pense no longo prazo

Olhar para a frente sempre ajudar a ter maior lucratividade, mesmo que signifique algum investimento. Por exemplo, se você prevê um crescimento em produção no longo prazo, já pode começar a pesquisar e negociar a compra do maquinário necessário, assim como contratar e treinar a equipe responsável por atender a essa demanda. Assim, quando o volume tornar-se maior, você estará pronto para oferecer a seus clientes a mesma qualidade de hoje.

  1. Re-invista no negócio

É claro, quanto mais lucro sua empresa tiver, maior deverá ser o investimento nela. Novos equipamentos, contratação de pessoal, adesão a novos serviços e melhoria na infraestrutura são alguns exemplos do que você deve considerar no seu crescimento – inclusive para precificar seu produto ou serviço.

Pronto para aumentar seus lucros?

Aumentar a lucratividade faz parte do crescimento de um negócio, portanto, todo empreendedor que tem esse como desejo para sua empresa, precisa realmente estar em constante avaliação sobre como gerar mais receita. Isso faz parte de alcançar mais pessoas com a sua solução, de poder proporcionar o melhor para seus funcionários, de colocar a economia em movimento e, é claro, de também gerar mais valor para você!

Quais são as suas maiores dificuldades hoje para aumentar a lucratividade de sua empresa? Compartilhe aqui nos comentários deste artigo!

Comentários

Leia mais:
10 livros de finanças pessoais e corporativas para empreendedores

Cuidar da saúde financeira do próprio negócio e também do próprio bolso são coisas que andam juntas. Para ajudar você...

Fechar