fbpx

Para saber como realizar um bom planejamento financeiro para 2017 e minimizar os efeitos da crise econômica, acompanhe algumas dicas!

2016 não foi um ano fácil para a maior parte das empresas. As perspectivas para 2017, da mesma forma, não são das mais otimistas. Para quem deseja driblar a crise econômica e garantir a saúde financeira do seu negócio, a palavra de ordem é: planejamento. Mais do que sair cortando gastos e pessoas do seu time, é preciso ter um plano de ação e modificar os pontos certos a fim de obter os melhores resultados.

A economia pela economia não traz a sustentabilidade necessária para que a sua empresa possa sobreviver à instabilidade econômica. Por isso, é preciso se planejar e agir de forma assertiva para que seu negócio ganhe força e se beneficie, mesmo em um cenário nada favorável.

Para saber como realizar um bom planejamento financeiro para 2017 e minimizar os efeitos da crise econômica, acompanhe algumas dicas!

Controle o seu fluxo de caixa

O fluxo de caixa é uma das principais ferramentas de gestão financeira capaz de garantir a sobrevivência de uma empresa. Trata-se de um instrumento muito simples, onde ficam registradas todas as entradas e saídas de dinheiro de um negócio.

Com a análise dessas entradas e saídas, especialmente as futuras, o empreendedor tem elementos para analisar se a empresa conta com recursos suficientes para se manter, além de cobrir todas as suas despesas e arcar com suas obrigações. Com essa avaliação também é possível planejar os próximos passos do negócio, propondo ações estratégicas que podem evitar dívidas ou até o comprometimento financeiro da empresa.

Monitorar o fluxo de caixa é uma das principais atividades de quem deseja ter um negócio seguro. Somente com esse tipo de controle, o empreendedor poderá agir de forma assertiva mesmo em cenários adversos.

Se você quer mais dicas sobre como tornar seu fluxo de caixa mais saudável, não deixe de dar uma olhada nesse outro post aqui.

financeiro

Considere realizar um planejamento tributário

A carga tributária costuma ser um dos maiores ônus de uma empresa, depois da folha de pagamentos. Por isso, economizar nos impostos pode ser uma excelente estratégia para preservar o financeiro da empresa e se planejar para o futuro,  mesmo em momentos mais difíceis.

Já tratamos aqui e aqui sobre formas de se economizar nos impostos e uma das medidas mais eficazes para isso é a realização de um planejamento tributário. Por meio desse estudo, que é realizado com o objetivo de otimizar a carga tributária de uma empresa, um profissional capacitado avalia tanto o enquadramento tributário da empresa como as possibilidades de elisão fiscal, uma manobra legal que possibilita que o contribuinte adie o fato gerador e consequentemente, o recolhimento dos impostos.

Embora realizar um planejamento tributário seja um investimento, muitas vezes esse tipo de estudo traz tantos benefícios para o financeiro do negócio, que o custo benefício compensa. Adequar a carga tributária da sua empresa é uma forma de planejar seu orçamento, evitando gastos desnecessários. Antes de tomar medidas mais drásticas como corte de pessoas, por exemplo, vale a pena considerar essa possibilidade.

Busque o compliance

Além de recolher tributos de forma correta, as empresas contam com uma série de obrigações acessórias cujo descumprimento pode ensejar a aplicação de pesadas multas, além de outras penalidades.

Para evitar o impacto deste tipo de sanção, o ideal é conhecer a legislação e estabelecer uma série protocolos internos e boas práticas, evitando assim problemas com o Fisco. Um exemplo que deve ser levado em conta é o armazenamento das notas fiscais. Como a legislação exige que o emissor tenha as notas por até 5 anos, é preciso que a empresa se organize para manter esses documentos, sejam eles físicos ou digitais, como no caso da nota fiscal eletrônica (NF-e).

Livros contábeis, relatórios e outros documentos também devem ser sempre organizados visando uma potencial fiscalização. Evitar multas e a aplicação de sanções é uma forma de preservar o orçamento da empresa e também deve ser levado em conta na hora do planejamento financeiro.

Antecipe os momentos necessários para a obtenção de crédito

Nem sempre as empresas contam com todos os recursos financeiros necessários para crescer ou mesmo para enfrentar a queda no faturamento. Por isso, antes mesmo de chegar a momentos mais críticos, onde o empresário precisa buscar uma linha de crédito, é importante antecipar a sua ocorrência.

Quem monitora o fluxo de caixa sabe bem quais são os momentos em que o faturamento da empresa é comprometido, por isso, consegue ter tempo para escolher melhores formas de se acessar linhas de crédito ou mesmo obter empréstimos, sem arcar com juros altíssimos. O planejamento evita muitas vezes que a empresa se comprometa com dívidas e mais dívidas decorrentes de juros de empréstimos. Por isso, essa é uma medida essencial dentro do planejamento.

Conte com o auxílio de uma contabilidade

Uma boa gestão contábil é fundamental para que as empresas cumpram com as suas obrigações fiscais e se organizem no dia a dia.  Os serviços de contabilidade auxiliam na solução de pequenas questões burocráticas, sistematizando o recolhimento dos impostos, a folha de pagamentos e toda a escrituração contábil. Além disso, um contador conta com um papel estratégico dentro do negócio pois, além de auxiliar com as questões contábeis, ele conta com uma série de dados financeiros importantes, que podem ser essenciais na hora de ajudar o empreendedor a tomar decisões.

Hoje qualquer empresa pode contar com bons serviços de contabilidade, graças a tecnologia. Com a Contabilidade online”>Contabilidade online, todas essas informações são organizadas de forma digital, possibilitando que o empreendedor tenha acesso a todos os dados de forma remota, facilitando assim a visualização do seu financeiro, bem como, a realização de um bom planejamento baseado em dados importantes do seu negócio.

Essas dicas foram úteis para você? Compartilhe seus conhecimentos sobre como fazer um negócio dar certo. Vai empreender e não sabe por onde começar? Consulte alguns dos consultores especializados que podem te ajudar em todos os procedimentos.

Comentários