fbpx

Contratações e demissões fazem parte da rotina de qualquer empresa. Criar estratégias para conduzir da forma acertada um processo seletivo de novos colaboradores é fundamental para encontrar o funcionário ideal para o posto de trabalho ofertado.

No entanto, não se trata de uma tarefa simples. Em primeiro lugar, para contratar a pessoa certa, é preciso definir exatamente como deve ser esse colaborador. Um recrutamento pressupõe, portanto, que o contratante saiba detalhadamente o que está procurando. A partir disso, devem ser definidos os critérios de seleção para a vaga.

Uma seleção objetiva e eficiente garante menos custos para a organização. Além disso, encontrar alguém preparado que atenda às necessidades da empresa também diminui os riscos de queda de produtividade e, consequentemente, dos lucros do negócio.

Neste artigo reunimos algumas informações importantes sobre o processo de contratação do funcionário ideal para a sua corporação. São itens simples, mas valiosos na hora de selecionar a pessoa certa.

Veja 5 dicas para encontrar o funcionário ideal

Fazer uma seleção criteriosa exige tempo e empenho, mas, definitivamente evita equívocos e permite que se contrate realmente o funcionário ideal. É fundamental ter presente desde o início que fazer a escolha certa é o melhor para os negócios e, por isso, vale a pena investir no recrutamento.

Na hora de contratar alguém, é preciso lembrar também que, além de ter a qualificação necessária, o colaborador também deve ter planos de crescer dentro da sua organização. Afinal, é do seu interesse que ele se destaque como funcionário, já que você irá investir nele, oferecendo treinamentos, por exemplo.

Abaixo elencamos algumas dicas sobre a seleção e os atributos que você deve observar para contratar o funcionário ideal. Essas dicas podem facilitar (e muito) o seu trabalho de seleção. Confira!

  1. Divulgue no lugar certo

Atualmente, com tantos meios para divulgação de vagas de trabalho, errar neste quesito é uma falha grave. De qualquer modo, não se trata de divulgar em todos os lugares possíveis, mas de publicar no local certo. Faça uma breve reflexão: onde você pode encontrar as pessoas que procura?

Portais de vagas de trabalho costumam chegar a um público mais amplo, mas, às vezes pessoas indicadas por conhecidos podem poupar tempo na hora da seleção.

Tenha, portanto, uma estratégia para divulgação dos processos seletivos da sua empresa, lembrando que é melhor realizar uma seleção com poucos candidatos qualificados, do que ter muitos candidatos para avaliar e poucos realmente bons.

  1. Procure alguém com conhecimento e formação adequados

Esta dica é bem conhecida para quem procura o funcionário ideal, mas ela não é assim tão óbvia. Alguns recrutadores levam mais em consideração outros fatores, em detrimento da formação e do conhecimento.

No entanto, obviamente é preciso ter um critério mínimo que envolva tanto a formação quanto o conhecimento e as habilidades. Candidatos com mais pontos neste item estão “equipados” com uma bagagem muito maior sobre o seu campo de atuação.

  1. Considere também a experiência

Além da formação apropriada, o funcionário ideal também deve possuir experiência de atuação profissional. A adequação do candidato também depende do quanto ele está preparado e conhece o mercado.

  1. Analise a atitude e a proatividade em relação à carreira

Como sabemos, uma empresa não é composta somente por uma pessoa. Há sempre muito trabalho em conjunto para fazer as coisas darem certo. Por isso, a atitude do colaborador também é muito importante. Nesse sentido, ele precisa demonstrar que sabe trabalhar em equipe, permitindo que todos unam esforços para alcançar os objetivos da empresa.

Assim como “trabalho em equipe”, a “proatividade” também é um conceito muito difundido, mas poucos vezes realmente avaliado como um critério de seleção. No entanto, identificá-la em um candidato é importante, pois ela define uma pessoa que não espera, mas realiza e faz acontecer.

O funcionário ideal deve ser, sem dúvida, proativo e assumir a responsabilidade da tarefa que lhe for dada.

  1. Valorize a motivação e a vontade de aprender

A motivação não é uma característica tão fácil de avaliar durante um processo seletivo. Você pode, porém, tentar analisar o quanto o candidato se mostra disposto a crescer dentro da organização. Evoluir significa também aprender.

O funcionário ideal não é somente motivado: ele também deve estar disposto a se tornar um profissional cada vez melhor para corresponder às exigências do mercado. Humildade e vontade de evoluir são atributos essenciais quando se deseja contratar o funcionário ideal.

Processo seletivo eficaz ajuda a reduzir o turnover

Mas por que é tão importante levar em consideração todos esses detalhes? Bom, investir em um recrutamento eficaz é uma das melhores formas de diminuir o turnover de uma empresa. Afinal, quanto menor o índice de rotatividade de funcionários, melhor. Atualmente, o turnover é considerado um dos mais importantes indicadores de desempenho de uma organização.

É claro que um certo nível de mudança é saudável para a empresa. Contudo, investir em selecionar o funcionário ideal reduz os impactos negativos que a rotatividade pode causar. Ela gera custos extras, perda de profissionais talentosos e afastamento de clientes que podem acabar indo embora com o colaborador.

Vale a pena, portanto, além de criar métodos para encontrar o funcionário ideal, focar os esforços em manter os seus bons colaboradores. Nesse sentido, demonstrar reconhecimento e investir em um ambiente de trabalho agradável são fatores cruciais para não afastar aqueles que podem ser considerados excelentes funcionários.

Comentários