fbpx

Nem sempre uma empresa conta com os recursos necessários para investir e se desenvolver. Em momentos mais críticos, a falta de dinheiro pode comprometer o funcionamento do negócio, transformando prejuízos em dívidas e gerando problemas internos. Nessas horas, muitos empreendedores quebram a cabeça com uma questão: é melhor pedir um empréstimo ou entrar em um financiamento? Para saber mais como funciona o empréstimo e o financiamento e como escolher cada um, vale a pena conferir!

Nem sempre uma empresa conta com os recursos necessários para investir e se desenvolver. Em momentos mais críticos, a falta de dinheiro pode comprometer o funcionamento do negócio, transformando prejuízos em dívidas e gerando problemas internos. Nessas horas, muitos empreendedores quebram a cabeça com uma questão: é melhor pedir um empréstimo ou entrar em um financiamento?

Tanto o empréstimo quanto o financiamento são modalidades de contratos celebrados junto à uma instituição financeira ou empresa de crédito autorizada. Nesses contratos, a empresa recebe recursos para ter um fôlego financeiro maior. Porém, os valores pegos emprestados devem ser devolvidos com o pagamento de juros.

Embora sejam muito semelhantes, na prática o empréstimo e o financiamento contam com características próprias, que podem tornar cada uma dessas modalidades mais ou menos vantajosas para a empresa.

Para saber mais como funciona o empréstimo e o financiamento e como escolher cada um, vale a pena conferir!

Empréstimo

Em um empréstimo, a empresa recebe recursos de uma instituição financeira ou empresa de crédito, porém, deve pagar a quantia de volta acrescida de juros.

Trata-se da forma mais prática e rápida de receber recursos, afinal, o empréstimo não conta com nenhuma burocracia. Nele, por exemplo, o empreendedor não precisa justificar a necessidade do recurso e, muitas vezes, não é necessário comprovar a capacidade para quitar a dívida.

Os juros, em compensação, são bem mais altos e podem se transformar em um problema, caso o empreendedor não esteja muito consciente ao realizar o empréstimo.

[Sua empresa está no vermelho? Confira nossas dicas para sair dessa!]

Por conta dos juros altos, nem sempre o empréstimo é a melhor opção. Por isso, vale a pena avaliar o contrato com calma e ver se efetivamente essa modalidade é a que melhor atende a empresa.

Financiamento

O financiamento também tem por objetivo o empréstimo de uma determinada quantia de uma instituição financeira ou empresa de crédito autorizada.

Trata-se de uma modalidade de investimento utilizada predominantemente para projetos desenvolvidos a longo prazo. Por isso, ele não é tão simples quanto o empréstimo, embora os juros costumem ser bem menores.

No financiamento, obrigatoriamente a empresa precisa justificar a necessidade do recurso e deve comprovar que tem capacidade para quitar a dívida no futuro.

Outra característica do financiamento é a existência de uma garantia no contrato que, geralmente, é o próprio bem financiado.

O banco ou a empresa de crédito pedirão uma série de documentos a empresa, tais como balanço e DRE dos últimos três anos.

O objetivo dessas exigências é avaliar o perfil do negócio e sua capacidade de quitar a dívida depois.

Por fim, tanto o banco quanto a empresa de crédito podem exigir comprovação do recurso aplicado. Assim, sempre vale avaliar se as exigências e burocracias compensam, mesmo diante dos juros baixos.

Quando comparado à um empréstimo, a principal vantagem do financiamento são mesmo os juros. Através de um financiamento, a empresa pode obter os recursos que necessita, sem que isso signifique se comprometer com juros mais altos.

Financiamento ou empréstimo: o que escolher?

Agora que você já conhece quais são as principais características do empréstimo e do financiamento, eis a grande questão: qual escolher?

Infelizmente, não existe uma receita única para todas as situações. O melhor é que o empreendedor avalie a situação da empresa e, só então, tome uma decisão.

[Quer aprender mais sobre finanças e saber como aplicar melhor o dinheiro na sua empresa? Confira esses cursos gratuitos]

Muitas vezes, a urgência do recurso é o fator mais relevante. E, nesses casos, o empréstimo pode ser a melhor opção.

Em outros casos, é melhor apostar em um investimento na empresa que traga retorno rápido para o orçamento. Para isso, o financiamento pode ser a melhor alternativa.

Independentemente da sua escolha, algumas dicas são bastante úteis! Por exemplo, antes de escolher pelo financiamento ou empréstimo, pesquise bem as taxas de juros.

Conforme a instituição financeira ou empresa de crédito, os valores das taxas podem variar bastante tornando uma modalidade mais interessante do que a outra.

No financiamento, em geral, a empresa tem maior poder de barganha e pode conseguir condições mais vantajosas, dependendo do caso.

Antes de obter o recurso

Antes de assinar o contrato de empréstimo ou de financiamento, o empreendedor deve tomar alguns cuidados.

Primeiramente, suspeite de taxas muito abaixo do mercado. Nem sempre elas são seguras e os reajustes podem ser perigosos.

Antes de assinar o contrato, avalie o documento com a devida atenção. Entenda como funcionam as taxas, reajustes e toda a dinâmica do contrato.

O ideal é sempre fazer uma simulação da quantia aplicada.

Isso ajudará você a saber exatamente se o que pretende emprestar é suficiente.

Obter empréstimo atrás de empréstimo ou não cumprir com os compromissos do financiamento podem trazer muita dor de cabeça ao empreendedor.

Por fim, avalie com calma se a dívida que será contraída de fato irá trazer uma solução para o problema.

Deixar com que os juros cresçam vertiginosamente, tornando a dívida impagável é o grande problema de quem entra em um financiamento ou pede um empréstimo sem a devida consciência.

Por isso, por mais crítica que seja a situação da sua empresa, calma e estratégia são fundamentais.

Gostou de saber mais sobre como funciona o empréstimo e o financiamento? Para evitar dívidas e problemas financeiros, nada melhor do que um bom planejamento! Saiba como fazer o seu planejamento financeiro de forma eficiente, clicando aqui.

Comentários