fbpx

Balanço e balancete: esses dois importantes relatórios contábeis costumam gerar dúvidas para os empreendedores principalmente para aqueles que ainda não contam com suporte especializado no dia a dia da gestão de seu negócio e precisam conhecer mais detalhadamente os itens a serem levantados.

Para ajudá-lo a entender melhor o que são os dois relatórios, explicamos neste artigo a diferença entre eles. Confira!

Balanço e balancete: esses dois importantes relatórios contábeis costumam gerar dúvidas para os empreendedores, principalmente para aqueles que ainda não contam com suporte especializado no dia a dia da gestão de seu negócio e precisam conhecer mais detalhadamente os itens a serem levantados.

Para ajudá-lo a entender melhor o que são os dois relatórios, explicamos neste artigo a diferença entre eles. Confira!

O que é balancete?

O balancete é um demonstrativo não obrigatório, mas muito relevante para prevenir possíveis erros de crédito e débito na contabilidade de um negócio.

O relatório pode ser fechado de forma mensal, quinzenal e até diário, contendo todos os saldos e contas em um período de tempo, sendo de uso interno e estratégico para a empresa.

Por não ter caráter obrigatório, o balancete pode ser impresso, editado e alterado sempre que necessário.

A importância deste relatório é verificar se o método de partidas dobradas está sendo observado pela escrituração da empresa, ou seja, se existe um crédito correspondente para cada débito, tornando o saldo credor igual ao saldo devedor.

Além disso, o balancete é uma ferramenta relevante para que os gestores possam acompanhar a evolução de receita e despesas.

Também as margens de lucros de seus produtos e o cumprimento de metas financeiras – dados importantes para a tomada de decisão quanto a novas estratégias.

É uma forma de monitorar constantemente se o negócio está no rumo certo!

A partir dos balancetes, são elaborados o Demonstrativo de Resultado de Exercício (DRE) e o Balanço Patrimonial, sobre o qual falaremos a seguir.

O que é balanço?

O Balanço Patrimonial, ao contrário do balancete, é de caráter obrigatório, sendo uma das mais importantes obrigações contábeis de uma empresa e devendo ser elaborado por um profissional especializado.

O balanço é apresentado anualmente, ao término do exercício, e permite apurar de forma quantitativa e qualitativa a situação patrimonial e financeira de uma entidade neste período.

Com o Balanço Patrimonial é possível avaliar o desempenho da empresa ao longo do ano, identificando se houve lucro ou prejuízo no período.

O resultado apurado no balanço é transferido para a destinação prevista, podendo ser dividendos ou lucros a pagar, reservas ou lucros e prejuízos acumulados.

Se você não sabe muito bem como calcular os lucros da sua empresa, recomendamos que confira nosso post sobre Lucro Bruto, Lucro Líquido e como calcular.

Além disso, o relatório é considerado por instituições financeiras na concessão de crédito, sendo muito importante para os negócios que intencionam solicitar financiamentos que permitam o crescimento.

O Balanço Patrimonial é composto por três elementos:

  • Balanço Patrimonial Ativo: recursos da empresa representados por bens e direitos, como imóveis, maquinário, estoque, patentes, ações, entre outros.
  • Balanço Patrimonial Passivo: são as obrigações financeiras da empresa, tais quais contas a pagar, hipotecas e juros.
  • Patrimônio Líquido: é o que a empresa efetivamente possui como caixa, sendo a diferença entre ativos e passivos.

Estão dispensados da obrigatoriedade de entrega do Balanço Patrimonial apenas os Microempreendedores Individuais (MEI).

De qualquer forma, devem manter organizadas suas informações financeiras, que serão importantes para a elaboração da Declaração Anual do MEI.

Minha empresa precisa entregar balanços e balancetes?

Como dissemos anteriormente, o balancete não é obrigatório, mas o balanço patrimonial é. Sua entrega é anual. Apenas quem possui um MEI não possui essa obrigatoriedade.

Você também pode realizar essas entregas de forma digital, por meio do SPED Contábil.

Para isso, é necessário possuir um Certificado Digital, que você pode obter através dos Correios, Serasa Experian, Certisign ou outras empresas semelhantes.

A vantagem de entregar o balanço pela internet é que esse processo se torna bem mais simples e prático, sem que haja necessidade de se deslocar, levar documentos ou outras situações semelhantes.

No entanto, muitos empreendedores preferem fazer da forma tradicional por medo de adotar um novo modelo e encontrar algum tipo de dificuldade, tanto para aprender a usar as ferramentas necessárias para a entrega dos balanços quanto para que a entrega seja feita da forma correta.

Como muitos empresários não tem familiaridade com as ferramentas utilizadas e seus processos para realizar essas entregas de forma digital, recomendamos que você procure um escritório de contabilidade online para não ter que se preocupar com essas questões.

Além disso, apenas um contador capacitado e registrado no Conselho Regional de Contabilidade (CRC) pode emitir um Balanço Patrimonial.

Como um escritório de contabilidade online pode auxiliar sua empresa?

Um escritório online trabalha com uma plataforma e ferramentas online que ajudam seus clientes no processo de gestão financeira e das obrigações contábeis de suas empresas.  Facilita o registro das atividades e das obrigatoriedades de cada parte envolvida no processo da gestão e administração de qualquer empresa.

Se você tem dúvidas se vale a pena contratar uma contabilidade online, recomendamos que você confira nosso post 7 benefícios da contabilidade online.

Se você está pronto para contratar um contador online agora, preencha nosso formulario abaixo que um dos nossos consultores irá ajudar você a encontrar um em nossa plataforma.

 


Comentários

Leia mais:
Riscos que você precisa saber antes de abrir uma empresa

Se você pensa em abrir uma empresa, provavelmente já ouviu que todo negócio implica em risco. No entanto, no universo...

Fechar