fbpx

Quem deseja abrir empresa de consultoria ou mesmo formalizar sua atividade como coaching costuma ter uma série de dúvidas: “Qual o melhor modelo para se escolher?”, “Quais tributos são necessários recolher?”, “Como obter o CNPJ?” Uma empresa de consultoria e um coaching possuem diversas semelhanças como negócio.

Além de atuarem como prestadores de serviços, ambos costumam trabalhar dentro de uma estrutura enxuta, requerem poucos funcionários e podem ter menos ou mais sucesso de acordo com os resultados que oferecem aos seus clientes. Tanto uma empresa de consultoria como um coaching apostam no melhor conhecimento como um diferencial e necessitam de autoridade para conquistar o mercado. Para abrir empresa de consultoria ou de coaching  diferentes tipos de empresa podem ser interessantes. A escolha do modelo ideal é o primeiro passo para constituir um bom negócio.

Escolhendo o melhor tipo de empresa

Empresário Individual

É muito comum confundir a figura do Empresário Individual com o MEI. Embora esses dois tipos de empresa sejam destinados a profissionais que trabalham por conta própria, o Empresário Individual não possui a restrição de atividades, logo tanto consultores como coaches podem optar por esse tipo de empresa. O faturamento anual do Empresário Individual  pode chegar até R$ 360 mil se considerado como Micro Empresa (ME), ou 3,6 milhões, se considerado como Empresa de Pequeno Porte (EPP). O sistema de tributação pode variar de acordo com o faturamento, por isso vale uma consulta com um contador para saber qual o modelo mais vantajoso para o seu negócio antes de fazer o enquadramento. O processo de formalização desse tipo de empresa é mais complexo de uma MEI. Aqui é necessário elaborar um contrato social, promover o registro na Junta Comercial, para que então a empresa possua um CNPJ.

Entenda melhor sobre a modalidade Empresário Individual neste post sobre o assunto

Empresa Individual de Responsabilidade Limitada (EIRELI)

Tanto um coaching como um consultor podem optar por esse modelo de negócio. A EIRELI também é um tipo de empresa onde não existe a necessidade de sócios. Apenas um proprietário e titular já é suficiente para a formalização desse tipo de empresa. Uma das principais características é a separação entre o patrimônio da empresa e o patrimônio pessoal. Como a responsabilidade aqui é limitada, o titular só responde até o limite do capital social, sem comprometer seus próprios bens, caso tenha uma dívida. Para formalizar uma EIRELI, no entanto, é necessário ter um capital social correspondente a R$ 100 salários mínimos, o que significa hoje R$ 88.000,00. Por isso, se você pensa em constituir uma EIRELI, lembre-se que esse valor é declarado no seu Imposto de Renda como pessoa física, por isso, é preciso que você comprove um rendimento compatível com esse valor, caso seja sua opção formalizar seu negócio dentro deste modelo. O EIRELI também não possui uma limitação de faturamento, como é o caso da MEI, o que pode ser uma vantagem dependendo do seu negócio. No entanto, conforme o tamanho do faturamento, o regime tributário poderá se diferenciar e neste caso é sempre interessante contar com o auxílio de um contador a fim de escolher a melhor opção para recolher os impostos. Para a formalização da EIRELI também será necessária a elaboração do contrato social e o registro na junta para receber o CNPJ. Se está curioso sobre os benefícios que esse tipo de empresa pode trazer para seu negócio, sugerimos a leitura desse outro post aqui.

Entenda melhor sobre a modalidade Eireli neste post sobre o assunto

Sociedade Limitada

Se você, como um coaching ou como um consultor pretende atuar com outro profissional da área, a melhor opção pode ser a Sociedade Limitada. Nesse tipo de empresa, assim como na EIRELI, também existe a separação entre o patrimônio da empresa e o patrimônio pessoal dos sócios. Os sócios, por sua vez, possuem uma responsabilidade limitada ao investimento feito e integralizado no capital social da empresa. A abertura desse tipo de empresa também exige a elaboração de um contrato social e o registro na Junta Comercial. Na Sociedade Limitada também é possível que a tributação ocorra de diferentes formas, de acordo com o faturamento da empresa. Por isso, a consultoria de um contador pode ser um grande diferencial, já que esse profissional possui conhecimento e experiência e pode ajudá-lo a otimizar a carga tributária da sua empresa.

Saiba as vantagens e desvantagens em se abrir uma Sociedade Limitada.

Iniciando o processo de abertura

Agora que você escolheu o modelo de empresa que está mais adequado ao seu negócio, é preciso seguir um passo a passo a passo para regularizar sua atividade. Tirando o MEI, que o processo é praticamente todo online, para os demais tipos de empresa algumas medidas como a obtenção de licenças, por exemplo, pode ser necessária. Para saber por onde começar, sugerimos que você leia esse outro post que elaboramos aqui no blog contando sobre como realizar esse passo a passo. Criamos um e-book explicando todo processo para realizar a abertura de uma empresa de serviços, que é o caso da empresa de Consultoria ou de Coaching. O e-book é um guia completo que tira as principais dúvidas sobre a questão, explicando o passo a passo completo de forma simples e fácil de entender. Você pode baixá-lo gratuitamente nesse link. Você ainda tem dúvidas sobre qual o modelo de empresa ideal para a sua atividade? Precisa de um auxilio profissional para começar seu negócio? Ajudamos você a encontrar um consultor jurídico para que você monte sua start-up.  Preencha o formulário abaixo que nosso consultor irá explicar como funciona:

 

Comentários