fbpx

Para empresas que já decidiram complementar suas equipes e querem saber como contratar um estagiário da melhor forma, é importante observar algumas regras dispostas dispostas na legislação (Lei nº 11.788/08).

Se você ficou interessado em saber como contratar um estagiário e investir no futuro do seu negócio? Então, vale a pena conferir!

Contratar um estagiário traz benefícios tanto para o jovem estudante quanto para a empresa. Além de representar uma oportunidade para profissionais que ingressam no mercado de trabalho, ter um estagiário significa trazer energia jovem e novas ideias para o ambiente do seu negócio. Isso sem mencionar a redução de custos em mão de obra qualificada e treinamento, o que representa um excelente investimento para o futuro.

Para fazer uma boa contratação, contudo, a escolha de um estagiário deve ser feita de forma cuidadosa, sempre levando em consideração um perfil que se encaixe de acordo com os valores da empresa, priorizando assim,o aproveitamento máximo dos dois lados.

Para empresas que já decidiram complementar suas equipes e querem saber como contratar um estagiário da melhor forma, é importante observar algumas regras dispostas dispostas na legislação (Lei nº 11.788/08).

Se você ficou interessado em saber como contratar um estagiário e investir no futuro do seu negócio? Então, vale a pena conferir!

Quem pode ser um estagiário?

O principal objetivo de um estágio o é de ensinar e preparar jovens estudantes para uma vida profissional em um ambiente real de trabalho. Sempre supervisionado, o estágio visa desenvolver as competências do jovem profissional, além de prepará-lo para uma carreira.

Para fazer parte de um programa de estágio, os estudantes devem estar devidamente matriculados em instituições do ensino médio, superior, educação profissional ou especial.

O programa de estágio também é válido para estudantes estrangeiros matriculados nas instituições brasileiras com visto de permanência válido.

Contratação

Um detalhe importante é que as contratações de estagiários não são regidas pela CLT (Consolidação das Leis do Trabalho). Sendo assim, a empresa contratante não é obrigada a contribuir com encargos sociais que incidem sobre esta contratação, motivo o qual, os estagiários não entram na folha de pagamento.

Desta forma, as contratações de estagiários são feitas através do Termo de Compromisso de Estágio. Este termo é um contrato específico que precisa ser assinado em três vias pelo estudante ou representante legal, empresa contratante e por último a instituição de ensino, permanecendo cada um com uma via.

Condições de contratação

Como mencionado antes, as contratações de estagiários não são regidas pela CLT, o que significa que não incidem os principais encargos sociais previstos na lei, tais como exemplo, FGTS, INSS, PIS, 13° Salário, Aviso Prévio entre outros.

No entanto, existem alguns encargos determinados pela legislação que a empresa precisa seguir, tais como:

  • Férias remuneradas de 30 dias a cada 12 meses de estágio ou proporcional ao tempo estagiado;
  • Bolsa estágio ou outra forma de contraprestação acordada entre as partes;
  • Auxílio vale transporte e vale refeição, sendo o último por opção da empresa;
  • Carga horária de 6 horas por dia e 30 horas semanais;
  • Seguro contra acidentes de trabalho;
  • Tempo de duração do estágio de no máximo 2 anos;
  • Proporção de 20% do total de colaboradores da empresa.

Função do Estagiário

Com o objetivo totalmente educativo, a principal função do estagiário dentro das empresas é a de aprender.

Como nunca estiveram ativos no mercado de trabalho, não possuem experiência, sendo assim, esses jovens devem ser estimulados a aproveitar ao máximo o seu tempo para absorver todo o conhecimento disponível em um ambiente novo e desafiador. Isso, sem dúvidas, o fará desenvolver competências e a dar os primeiros passos para uma carreira de sucesso.

Para que o aprendizado ocorra da melhor maneira, as funções e as atividades a serem exercidas pelo novo profissional devem estar alinhadas ao seu perfil, ajudando-o a fazer a escolha certa.

Nesse contexto, as instituições de ensino possuem um papel fundamental oferecendo, através de centrais de estágio, uma intermediação entre alunos e empresas filtrando as melhores vagas de acordo com cada perfil.

O papel da empresa

Desenvolver programas de estágio se transformou em uma tendência no mercado de trabalho, o que incentiva empreendedores a procurarem as melhores opções de como contratar um estagiário.

As empresas que pretendem contratar estagiários tem muito a contribuir para a sua formação profissional, além disso, tem a chance de moldá-los, ensinando-os o seu modo de trabalhar, para que futuramente, possam dispor de mão-de-obra qualificada capaz de atender às suas necessidades.

É função da empresa estar supervisionando o desempenho e o comportamento do estagiário dentro do ambiente de trabalho, como também, oferecer atividades relacionadas com o seu curso. Além disso, é importante a empresa monitorar e avaliar o desempenho e a evolução do estagiário. Esse tipo de avaliação sempre deve ser reportado à instituição de ensino.

Cancelamento de contrato de estágio.

Os estágios dentro das empresas devem ser uma experiência única para jovens talentos contribuindo para a formação de seu caráter profissional. Por outro lado, também é necessário proporcionar às empresas resultados positivos que alcancem ou ultrapassam suas expectativas, para que surjam oportunidades de efetivação..

Porém, caso este relacionamento não seja mais interessante para ambas as partes, a empresa ou o estagiário podem dar início a rescisão ou cancelamento de contrato em razão de diferentes motivos, tais como:.

  • Interesse da Empresa ou Instituição de Ensino;
  • Solicitação por parte do estagiário;
  • Cancelamento ou trancamento de matrícula do estagiário;
  • Troca, abandono ou conclusão do curso pelo estagiário;
  • Descumprimento ou falta pelo estagiário de qualquer cláusula do Termo de Compromisso do Estágio (TCE), da Legislação ou das normas internas da Empresa ou Instituição de Ensino;
  • Comportamento e conduta incompatível com o ambiente de trabalho ou propósitos do programa de estágio.

De toda forma, o esforço e o empenho em desenvolver e aprimorar as habilidades de um estagiário podem ser muito recompensadores. Além de profissionais dedicados, muitos acabam entrando para a história da empresa.

Ficou interessado em contratar um estagiário para seu time? Aproveite e não deixe de conferir outros guias em nosso blog para alavancar o sucesso da sua empresa.

Comentários

Leia mais:
Ferramentas para aumentar a produtividade

Em um contexto no qual é preciso ser cada vez mais “multitarefas”, o mercado exige profissionais produtivos. Concluir o maior...

Fechar