fbpx

Se você está no início de sua vida como empreendedor ou então pensando em abrir sua própria empresa, precisa, portanto, investir um bom tempo fazendo seu plano de negócios, principal ferramenta que irá guiar os primeiros passos de sua operação.

A cada 10 empresas abertas no Brasil, em média 6 fecham antes de completar seus primeiros 5 anos. Apesar de todo mundo pensar na burocracia e na dificuldade em empreender no país como motivos principais para que esses negócios não dêem certo, existe outra causa muito importante a considerar: a falta de planejamento.

Se você está no início de sua vida como empreendedor ou então pensando em abrir sua própria empresa, precisa, portanto, investir um bom tempo fazendo seu plano de negócios, principal ferramenta que irá guiar os primeiros passos de sua operação.

O que é um plano de negócios?

Um plano de negócios é uma ferramenta de gestão que auxilia o empreendedor a montar sua empresa de forma segura, descrevendo o empreendimento e as operações que o sustentam. Nele devem ser descritos o modelo de negócio, as operações principais, a organização financeira e outros elementos.

Com o plano de negócios em mãos, é possível captar investimentos, buscar sócios para empreenderem com você, analisar a viabilidade do negócio e guiar as estratégias das diferentes áreas da empresa.

Não esqueça de, nesta fase de planejamento de sua empresa, pensar nas seguintes perguntas: “Qual o problema que você soluciona?”, “Como você monetiza a sua ideia?” e “Quem é seu público-alvo”. Com as respostas a essas questões bem elaboradas, será possível passar pelas outras fases do plano de negócios de maneira muito mais segura.

Passos para montar seu plano de negócios

Agora que você já conhece a função de um plano de negócios na estruturação de uma empresa, é importante conhecer alguns elementos principais que devem constar no documento que irá elaborar. Lembre-se, ainda, que por mais que comece seu planejamento utilizando metodologias de criação de modelo de negócio como o Canvas, no final será necessário documentar todas as informações em um formato que possa ser enviado para seus possíveis sócios, investidores e parceiros.

  1. Análise de mercado

Este é o primeiro passo de um plano de negócios e, caso seja ignorado, pode comprometer todas as etapas seguintes e, principalmente, a viabilidade da empresa. Você deve investigar todos os detalhes do mercado no qual pretende atuar, considerando elementos como:

  • Quem são seus potenciais clientes?
  • Quem são seus concorrentes e como eles atuam?
  • Quem podem ser seus principais fornecedores?

Descobrir essas informações de forma detalhada não é um processo nada simples e vai exigir de você muita pesquisa, análise de dados e até mesmo conversas presenciais. Muito mais importante gastar seu tempo nesta etapa conversando com seu público-alvo do que descobrir que sua solução pode não ser tão relevante assim para eles depois de ter feito grandes investimentos.

  1. Posicionamento de produto

Depois de conhecer bem o mercado no qual irá atuar, é hora de pensar mais sobre o seu produto ou serviço. Mesmo que já tenha feito um intenso processo de prototipagem, é importante rever algumas questões que irão definir a percepção do público final em relação à sua marca: preço, qualidade e custo-benefício.

Raramente um produto se posiciona no mercado por mais de um desses benefícios com sucesso, portanto, pense naquele que realmente vai ser um diferencial em torno da concorrência e está dentro do que melhor consegue entregar. Aproveite esta fase para listar todos os diferenciais do produto, assim como suas especificações técnicas.

  1. Plano operacional

O plano operacional é aquele que conta como sua empresa entrega o produto ou serviço que está comercializando. Você precisa definir as etapas da operação, passando por todos os processos envolvidos – compra de matéria, equipamento necessário, modelo de pedido ou compra, equipe envolvida, etc.

Neste passo, é fundamental que entenda também o quanto consegue produzir com determinada configuração de empresa e que faça os planos para que ela torne-se escalável e produtiva, com uma visão de longo prazo.

  1. Plano financeiro

No plano financeiro, você irá detalhar todos os investimentos e despesas para a abertura do negócio e para o andamento da operação. Planeje custos iniciais, previsão de receitas, despesas fixas, capital de giro, fluxo de caixa e lucro desejado.

Detalhe cada item e, se possível, reduza ou defina datas para os investimentos. Por exemplo, nem sempre é necessário adquirir um equipamento que será utilizado apenas depois de ter certo número de pedidos na fase inicial do negócio, enquanto ainda estiver estruturando a empresa.

  1. Plano de marketing

O plano de marketing é essencial para gerar vendas para a sua empresa e, consequentemente, receita. Neste passo, deve ser pensado de forma detalhada como seu produto ou serviço será ofertado ao público final, levando em consideração tanto os canais a serem utilizados quanto os investimentos a serem dedicados a cada um.

Importante também pensar nesta fase sobre todos os atributos pelos quais sua marca quer ser conhecida e sobre como você deseja que seja a relação com o seu consumidor.

Monte seu plano de negócios!

Você conheceu alguns passos importantes para elaboração de seu plano de negócios, o que irá permitir que tenha muito mais segurança na abertura de sua empresa. Lembre-se de que, por mais que o planejamento possa adiar o início de suas operações, ele dará muito mais clareza para as decisões e estratégias que serão demandadas mais para frente.

Você já começou a elaborar seu plano de negócios? Compartilhe conosco nos comentários como tem sido sua experiência e principais dificuldades durante este processo!

Comentários