Evolução da contabilidade: como a tecnologia tem impactado o setor?

por | Contabilidade e Tecnologia

A evolução da contabilidade tem se mostrado ainda maior com o desenvolvimento da tecnologia. Afinal, a transformação digital também está presente nos escritórios contábeis e existem cada vez mais recursos disponíveis para os profissionais.

Nesse sentido, é importante se manter atualizado sobre as tendências da área e saber como incorporar as novidades em sua atuação. Isso permite entregar serviços melhores aos clientes, o que resulta em maior captação e fidelização do público.

Neste artigo, você entenderá como a tecnologia influencia na evolução da contabilidade ao longo do tempo. Continue a leitura e saiba mais!

Qual a história da contabilidade?

A contabilidade é uma ciência social que analisa fatos sociais da humanidade e está associada a relações comerciais. Seu objetivo é prover dados que auxiliem no planejamento, no controle e na tomada de decisões.

Ter um panorama da história da contabilidade ajuda a entender como a tecnologia influencia na evolução do setor. Confira a seguir como ocorreu o desenvolvimento dessa área ao longo dos anos!

Origem da contabilidade

A origem da contabilidade está ligada ao início da civilização e à necessidade de registro no comércio. As atividades de troca e venda dos comerciantes exigiam o acompanhamento das variações dos bens quando as transações eram efetuadas.

Essas operações eram seguidas de simples registros ou relatórios sobre o que acontecia nas negociações. Na Idade Antiga, eram utilizadas técnicas de memorização para auxiliar. Isso porque a contabilização de dados era feita em placas de barro ou de argila, por meio de símbolos.

Além disso, paredes de grutas também eram utilizadas para realizar a contabilidade. O homem utilizava a arte para mostrar os bens patrimoniais que guardava. Para tanto, utilizava objetos rudimentares, como ossos, para produzir desenhos que representavam os objetivos. 

Também eram utilizados riscos ou traços que indicavam a quantidade. Conforme as transações econômicas se tornaram mais complexas, o controle se refinou. A criação do papel e da pena de escrever, por exemplo, facilitaram o registro de informações sobre negócios.

Contabilidade na Idade Média

No período medieval, houve o avanço do comércio e foram criadas as primeiras organizações empresariais com melhores estruturas. Na época, também surgiu a figura do mercante — pessoa que viajava e trazia mercadorias para comerciantes de outros locais.

Com o início das navegações, a Europa passou a acumular diversas riquezas, como o ouro. Dessa forma, a contabilidade se tornou uma necessidade para administrar a economia dos países em pleno desenvolvimento.

Por consequência, surgiu a necessidade de controlar os recursos que eram utilizados para pagar os mercantes nessas viagens. Os itens trazidos, o estoque, os custos dos produtos e os preços de venda também precisavam ser controlados.

Isso resultou no período conhecido como era da sistematização da contabilidade. Assim, diversas inovações foram introduzidas na contabilidade pela igreja e por Governos locais. Esse momento foi marcado pelo desenvolvimento da área.

Contabilidade na Idade Moderna

O local de nascimento do Frei Luca de Paoli foi a Italia.

A era moderna na contabilidade teve início em 1494, quando o Luca Pacioli, frade italiano, autor do livro de matemática do Renascimento, ‘Summa Arithmetica’ considerado o primeiro manual de contabilidade da história e lançou o tratado Contabilidade por Partidas Dobradas. Por isso, ele passou a ser considerado o pai da contabilidade e a sua obra virou um marco na evolução científica do setor.

Em seu tratado, o autor descreve os métodos que os mercantes utilizavam em Veneza, na Itália, para coordenar suas operações. Para isso, ele organizava recomendações referentes às práticas de comércio e à burocracia de escrituras.

O objetivo era apresentar os métodos que envolviam o processo das partidas dobradas e ensinar a realizar as escriturações. Por exemplo, a obra Pacioli preconiza que, nos lançamentos, o montante total referente às contas de débito deve ser igual ao de crédito.

Contabilidade na Idade Contemporânea

Até a metade do século XIX, a contabilidade era entendida como um processo de escrituração. Com publicações de obras sobre o tema escritas por escritores bem-conceituados, a área começou a ganhar aspectos científicos.

Dessa forma, o período envolveu grandes evoluções no setor. Com esses avanços, a contabilidade passou por adaptações. Como resultado, a partir do século XVII, o ensino da contabilidade começou a ser oferecido nas universidades europeias.

A finalidade era fundamentar o ensino sobre a contabilidade, o que fez surgir diversas escolas, correntes e pensamentos. No entanto, em meados de 1920, começaram a predominar as escolas norte-americanas de práticas contábeis.

Contabilidade atual

O surgimento de grandes empresas fez com que a prática contábil emergisse, impulsionando o setor. Então a contabilidade tornou-se parte indispensável das administrações empresariais, de forma que a tecnologia tem auxiliado nos processos e serviços.

Inclusive, é importante saber que a contabilidade continua passando por diversas evoluções. Consequentemente, há alterações em suas metodologias e conceitos. Esse processo visa tornar a área mais adequada às necessidades da sociedade atual.

Com o desenvolvimento técnico-científico, houve padronização e modernização dos sistemas contábeis, por exemplo. Além disso, as exigências em relação aos registros também aumentaram consideravelmente.

Evolução da contabilidade no Brasil

Na época da colonização do Brasil, as pessoas eram encarregadas de fiscalizar as mercadorias que eram enviadas para Portugal. Com o surgimento das empresas brasileiras, os contadores passaram a se destacar em suas atividades. 

Na metade do século XX, os profissionais encarregados pela contabilidade das empresas eram conhecidos como guarda-livros. Isso porque eles registravam as operações feitas pelas empresas em livros contábeis. Com o crescimento econômico, a contabilidade passou a ganhar mais destaque.

Dessa forma, em 1902, surgiu a primeira escola especializada em contabilidade brasileira — a Fundação de Ciências Econômicas e Administrativas da Universidade de São Paulo (FEA-USP). Ademais, a primeira evolução contábil no país foi influenciada pela intervenção da legislação na formação dos processos contábeis.

Já a segunda teve início em 1964, quando as escolas de pensamento italiano foram substituídas pelas práticas das escolas de pensamento norte-americano. Entretanto, o setor permanece em constante evolução, especialmente diante do crescimento no uso da tecnologia. 

Nesse cenário, é possível perceber que, para superar a grande concorrência do mercado, o empreendedor deve buscar ferramentas que ajudem na rotina do negócio. Isso traz um novo desafio para o contador. Além de conscientizar sobre a importância da contabilidade na tomada de decisão, o profissional deve fornecer informações úteis para gerir o negócio.

Como a tecnologia se relaciona com o setor contábil?

Evolução da Contabilidade no BrasilComo você viu, a contabilidade é uma das áreas mais antigas e importantes do mundo. Ao mesmo tempo, a transformação digital não é recente nessa área. No século XX, as primeiras máquinas de calcular surgiram para facilitar o trabalho.

Na época, elas apenas realizavam soma e subtração, mas já era o suficiente para apoiar o trabalho dos profissionais. Com isso, eles ganhavam mais agilidade na resolução dos problemas e estavam menos suscetíveis aos erros humanos.

Desde então, sistemas mais modernos foram constantemente desenvolvidos, como calculadoras e máquinas de escrever. Nas últimas décadas, a tecnologia gerou uma verdadeira revolução no setor, baseada em sistemas digitais e algoritmos, permitindo o processamento eletrônico de informações.

Com essa evolução, os escritórios contábeis já falam de contabilidade digital. Trata-se da utilização de diferentes recursos tecnológicos na área contábil. Os diversos elementos disponíveis com o desenvolvimento da tecnologia, como um CRM (Customer Relationship Management) inteligente, ajudam a automatizar tarefas.

Utilizando essas ferramentas, o profissional consegue agilizar a entrega de suas tarefas. Isso permite oferecer aos clientes um serviço otimizado e eficiente. Ao mesmo tempo, os profissionais podem dedicar mais energia para funções estratégicas. Entenda mais detalhes sobre essa relação:

Tecnologia como marco na história da contabilidade

Com as tendências tecnológicas mais presentes nas rotinas empresariais, o mercado exige constante evolução da contabilidade. Então o setor precisa se adaptar às novas tecnologias que surgem a cada dia.

Desse modo, é possível oferecer soluções verdadeiramente úteis para os clientes. Nesse contexto, a era digital pode ser considerada um grande marco na evolução da contabilidade. Por exemplo, a tecnologia evita a utilização exagerada de papel e a busca demorada por documentos.

Com isso, os escritórios de contabilidade passaram por reestruturações, tanto na parte humana quanto de equipamentos. Ademais, softwares avançados podem ser utilizados para controle de atividades.

Já o suporte da internet permite que a gestão dos processos contábeis seja feita à distância, garantindo maior comodidade para profissionais e clientes. Logo, muitas atividades podem ser realizadas por acesso remoto, sem a necessidade de ir à empresa.

Outro ponto relevante da evolução da contabilidade é a necessidade de detalhar os relatórios feitos pelos contadores. Fazer isso sem o auxílio da tecnologia pode demandar muito tempo da equipe, além de deixar o documento mais suscetível a erros.

Ainda, é válido destacar que a tecnologia ajuda a melhorar a relação com o cliente e mantém a equipe de trabalho constantemente atualizada. Afinal, os sistemas permitem maior integração com outros setores das empresas, otimizando a gestão. 

Entretanto, mesmo com todo esse avanço, a contabilidade ainda pode evoluir muito. Com o constante desenvolvimento tecnológico, novos processos ou demandas podem surgir. Portanto, é fundamental estar ciente que a transformação digital tem muito a oferecer.

Tecnologia e automação contábil

Você já aprendeu que a tecnologia está intimamente relacionada com a automação contábil. Mas o que isso significa? O conceito pode ser entendido como um conjunto de soluções tecnológicas criadas especialmente para os escritórios de contabilidade.

Automação ContábilAs ferramentas são utilizadas no dia a dia dos profissionais desse setor e visam otimizar os processos. Entre as alternativas disponíveis, estão softwares de gestão, plataformas online, aplicativos e outros recursos digitais.

Contudo, embora o fluxo de trabalho na contabilidade seja automatizado com esses recursos, não significa que eles substituem o contador. Na verdade, a ideia é apenas reduzir as tarefas manuais que são comuns nessa área e otimizar a rotina.

Simplificar tarefas como cálculos e checagens nas documentações, por exemplo, permite que a equipe contábil trabalhe de forma integrada. Afinal, o processo de automação, de forma geral, é realizado no mesmo sistema. E, com informações centralizadas, as atividades são agilizadas.

Como a tecnologia possibilita a evolução da contabilidade?

Com essas informações, você sabe que a tecnologia facilita a gestão e o processamento das informações, oferecendo maior diferencial competitivo para as companhias. Porém, vale a pena aprender como ela permite a evolução da área. Por isso acompanhe 

Promove redução de custos

As inovações tecnológicas promovem importantes avanços na redução de custos para as empresas. Porém, isso não significa reduzir o número de colaboradores ou cortar gastos. Afinal, quem utiliza recursos tecnológicos otimiza tempo e agrega mais valor às soluções apresentadas.

Outra vantagem está no fato de que o seu uso permite reduzir falhas e erros humanos. Portanto, é possível favorecer as entregas nos prazos combinados, evitando eventuais multas e penalidades.

Melhora a rotina operacional

A otimização dos processos com o uso da tecnologia também permite que a gestão seja aperfeiçoada. Assim, os resultados do negócio podem ser atingidos com maior efetividade.

Ao otimizar os processos do escritório de contabilidade, é possível ter uma visão completa do que ocorre na rotina empresarial. A tecnologia também ajuda a compreender, mensurar e monitorar as atividades de acordo com o que foi definido no planejamento.

A medida traz oportunidades para que os profissionais trabalhem de forma mais produtiva, organizada e estratégica. Logo, os clientes ficam mais satisfeitos e podem ser fidelizados.

Reduz a burocracia

A tecnologia na contabilidade também serve para reduzir a burocracia geral dos processos. Com a automação, há como eliminar tarefas repetitivas do dia a dia. Muitas vezes, essas operações são, até mesmo, desnecessárias para a empresa.

Na prática, o nível de burocracia é reduzido porque há um fluxo otimizado de informações. Além disso, a comunicação se torna mais efetiva, tanto interna quanto externamente. Com um trabalho centralizado e transparente, as equipes ficam cientes de situações relevantes e conseguem atuar de maneira mais integrada.

Nesse sentido, a comunicação com o cliente também é favorecida. Em reuniões, por exemplo, os profissionais contábeis podem apresentar relatórios e demonstrações financeiras com mais facilidade.

Viabiliza a contabilidade consultiva

Uma evolução importante trazida pela tecnologia é a possibilidade de o contador realizar um trabalho mais estratégico. Isso porque os serviços de contabilidade são fundamentais para qualquer empresa se desenvolver e se destacar no mercado.

Com o apoio de um contador consultor, o empreendimento pode ter economia de tributos, por exemplo. Isso permite que seus resultados financeiros sejam impulsionados. Também é possível garantir mais eficiência na gestão financeira.

Portanto, o trabalho da contabilidade consultiva vai além de calcular impostos e cumprir obrigações tributárias. Para atuar na área, o profissional contábil deve promover economia de tempo e recursos com tarefas simples, auxiliando na tomada de decisão.

Acompanha as mudanças da legislação

A tecnologia na contabilidade está relacionada com as mudanças no sistema tributário. A nota fiscal eletrônica (NF-e), por exemplo, substituiu o processo que antes era feito de forma manual e em papel. Assim, o desenvolvimento tecnológico tornou a emissão da NF-e obrigatória. 

Por consequência, os escritórios contábeis precisaram se adaptar logo que essa exigência foi determinada. Nesses casos, utilizar a tecnologia como aliada ajuda a garantir que tudo está sendo feito de acordo com a legislação.

Aumenta a produtividade

Com softwares e ferramentas atuais, é possível aumentar a produtividade da equipe. Isso permite que os colaboradores trabalhem de modo efetivo para obter resultados positivos. Então, ao adotar sistemas tecnológicos, os profissionais podem aproveitar melhor suas horas de trabalho.

Lembre-se de que a automatização e a tecnologia têm como objetivo permitir que a equipe mantenha o foco nas atividades mais relevantes para a estratégia dos clientes.

Otimiza o atendimento

Como visto, o atendimento é igualmente melhorado com o uso da tecnologia na área contábil. Esse benefício pode ser um dos principais fatores para conquistar os melhores resultados no mercado.

A troca de informações no ambiente digital é muito mais ágil e dinâmica. Ainda, se torna viável utilizar diversas ferramentas, como e-mail, robôs que se comunicam por meio de chat, redes sociais, entre outras. Elas permitem que o profissional contábil atenda os clientes com eficiência e rapidez. 

Essas ferramentas também podem ser integradas a todos os processos, o que é essencial para garantir uma resposta de qualidade. Como resultado, o escritório de contabilidade e os clientes ficam ainda mais próximos.

Favorece o crescimento do negócio

A transformação digital também promove mudanças na contabilidade no que se refere à possibilidade de impulsionar o escritório e aumentar a receita. O motivo é a possibilidade de utilizar a tecnologia nos processos para aumentar o seu ticket de venda.

Isso acontece porque, com os benefícios que você conferiu, o seu escritório tem oportunidades de entregar mais valor aos clientes. Se eles contam com uma contabilidade consultiva, por exemplo, podem obter resultados mais robustos nas suas empresas.

A tendência é que a medida leve à valorização do trabalho do contador ao proporcionar uma experiência mais positiva e que contribui para o crescimento da empresa do cliente.

O que esperar do futuro no setor?

Agora você sabe que a tecnologia faz parte da história da contabilidade e continuará fazendo parte do futuro. Portanto, é fundamental entender o que esperar dos próximos anos para começar a se preparar.

Nesse sentido, é provável que ocorra um estreitamento da relação da contabilidade com o setor de soluções de tecnologia da informação (TI). Esse processo resulta na chamada contabilidade 4.0, que surgiu devido à transformação digital.

O contador continuará tendo papel importante para pessoas e empresas nesse novo contexto. Afinal, o desenvolvimento e a controladoria de processos permanecem essenciais para o desenvolvimento dos negócios. 

Assim, o profissional ainda deve atuar para impulsionar o resultado das empresas de seus clientes. Por esse motivo, não é preciso ter receio do desenvolvimento da tecnologia no setor. Na verdade, ela continuará agindo com foco em melhorar os processos.

Dessa forma, vale ressaltar que é fundamental se manter atualizado sobre as novidades do setor. Para isso, acompanhe o mercado e busque ferramentas que ajudem a se posicionar melhor conforme as mudanças ocorrem.

Nesse caso, é interessante acompanhar notícias, fazer especializações, participar de eventos e implementar novas estratégias de atendimento e atração de clientes. Lembre-se de que adotar ferramentas tecnológicas também é fundamental no processo.

Ademais, vale conferir algumas questões que merecem atenção quando o assunto é o futuro da contabilidade:

Sistema em nuvem

O uso de softwares que auxiliam na gestão já é bastante comum na rotina dos escritórios contábeis. No entanto, o processo está passando por mudanças devido à utilização de servidores em nuvem, que tendem a ser cada vez mais utilizados.

A grande vantagem é que todos os dados ficam armazenados em um servidor virtual e de alta capacidade. Ou seja, não há a necessidade de manter hardwares de alta tecnologia para armazenar as informações digitais.

Isso faz com que os empreendimentos tenham mais mobilidade e segurança. Com o armazenamento em nuvem, é possível acessar o sistema de qualquer lugar — basta ter acesso à internet e inserir o login e a senha.

Já a segurança é garantida pela criptografia e sistemas de proteção utilizados. Eles evitam tanto o acesso de informações por terceiros quanto o vazamento de dados. Ainda, existem ferramentas de backup, evitando que os registros se percam diante de eventuais problemas no sistema ou ataques hackers.

Mudança no perfil do cliente

Outra mudança importante causada pela tecnologia no futuro é o perfil do cliente. A tendência é que eles sempre busquem soluções contábeis que aumentem a produtividade e otimizem os processos, exigindo atualização do seu escritório.

Em complemento, a experiência que seu serviço proporciona também é relevante. Ou seja, o objetivo do cliente é mais amplo, envolvendo soluções adequadas, atendimento de qualidade, segurança e propostas inovadoras, por exemplo.

Se houver problema no atendimento, por exemplo, o escritório pode perder o contrato, mesmo que a equipe de trabalho tenha a capacidade técnica necessária. Por esse motivo, o profissional do futuro deve se preparar para oferecer soluções práticas, ágeis e próximas. 

Tenha em mente que facilitar a rotina do cliente faz parte do papel do contador, de forma que a tecnologia é uma peça chave para o sucesso.

Plataforma de gestão para contadores

A plataforma de gestão também deve se tornar imprescindível para o trabalho do escritório contábil. Com ela, é possível escoar grande volume de dados e informações relacionados aos clientes, de maneira simples e de qualquer lugar.

A ferramenta facilita o dia a dia dos contadores e de seus clientes, pois aumenta as soluções oferecidas e agrega valor ao serviço. Dependendo do sistema, se torna viável armazenar dados, automatizar processos e entrar em contato com o cliente.

Para isso, é importante contar com uma plataforma de qualidade, que funcione de modo online e 100% digital. Assim, o software é capaz de aumentar a produtividade e a gestão contábil do negócio, além de oferecer soluções que sustentam estratégias de marketing para captar e fidelizar clientes.

Agora você conhece a importância da tecnologia em relação à evolução da contabilidade. Então lembre-se de que se preparar para as mudanças geradas pelo desenvolvimento tecnológico é fundamental para ter resultados ainda melhores em seu negócio.

Gostou do conteúdo e quer se aprofundar no assunto? Então entenda por que todo contador precisa conhecer a automação contábil!

Contador a Osayk possui uma solução completa na nuvem para a prestação de serviços em qualquer modalidade da contabilidade digital. Com a plataforma você pode oferecer aos seus clientes contabilidade online, consultiva ou BPO financeiro. Preencha o formulário e um consultor irá fazer uma demonstração gratuita.

loading...

Plataforma para contadores

Plataforma de Gestão Contábil na Nuvem

Peça uma demonstração gratuita.
Preencha o formulário abaixo:

loading...

Todos

Mais recentes

Pin It on Pinterest

Shares
Share This